Home / Gestão / Como montar uma estratégia de vendas nacional

Como montar uma estratégia de vendas nacional

Sem dúvidas, o modelo de e-commerce apresenta um alcance “sem fronteiras”. No entanto, quando a estratégia de vendas não é bem construída, essa ampla abrangência pode ficar comprometida.

Para ajudar você, neste artigo, mostraremos como fazer um plano de vendas para comercializar seus produtos em âmbito nacional — falaremos sobre a importância de analisar o território, definir seu mercado alvo, criar métodos, fazer ações omnichannel e outros assuntos relevantes para a sua estratégia ter sucesso.

Se o seu objetivo é expandir a atuação do seu e-commerce e alavancar as vendas, siga com a leitura!

Analise o seu território

Antes de mais nada, é preciso determinar o seu alcance geográfico em uma estratégia de vendas. Quando falamos em abrangência nacional, é importante ressaltar que nem sempre a definição de uma grande área fará o seu e-commerce vender mais.

Para isso, é preciso compreender as características de cada local (adaptar a linguagem, abordagem etc.) e ter métodos eficientes para impactar os clientes.

Defina seu mercado alvo

Se você não conhece o seu cliente, fatalmente, as metas em vendas não serão alcançadas. Assim, é importante compreender quais são os hábitos, gostos, potencial de consumo, nível de escolaridade e tudo o que você conseguir mapear a respeito do seu público-alvo.

Claro que nem todas os consumidores são iguais — principalmente quando falamos em expansão nacional. Nesse sentido, utilizar a mesma abordagem com todos não vai funcionar. Por isso, é importante reunir a maior quantidade possível de informações para definir a melhor forma de tratamento para cada um deles e quais ações podem apresentar resultados satisfatórios no seu e-commerce.

Defina métodos em suas estratégias de vendas

Um e-commerce precisa definir métodos para promover seus produtos em uma estratégia de vendas nacional. Para tanto, é necessário:

  • Criar programas de fidelidade: o preço é um fator que influencia fortemente a decisão do cliente. Logo, uma dica é criar programas de fidelidade — 91% dos consumidores aderem a algum tipo de programa.
  • Usar a tecnologia: os recursos tecnológicos são um grande aliado do e-commerce. Nesse sentido, a utilização de plataformas robustas e programas de automação para marketing, vendas e relacionamento pode melhorar os métodos e alavancar os resultados.
  • Supere objeções: num e-commerce, isso significa estar preparado para os motivos mais comuns de abandono de carrinho. Assim, analise se a forma de pagamento não apresenta problemas, se as informações dos produtos estão claras, insira Call to Action para direcionar a ação do cliente, entre outras estratégias para evitar a desistência de compra.

Tenha em mente que o e-commerce possui um alcance “sem fronteiras”. Contudo, algumas estratégias devem ser implantadas para conseguir, efetivamente, um alcance nacional com resultados satisfatórios.

Crie um senso de urgência

Se você pretende vender mais, então use os instintos do seu cliente para isso. Defina prazos para fechar o negócio, ofereça descontos com data para expirar e mostre para ele as vantagens de fechar o negócio o quanto antes. Isso não significa apressar o seu cliente, mas sim mostrar para ele que o seu produto é a escolha certa para aquele momento.

Em outras palavras, as pessoas buscam a rapidez nos dias atuais — escolhem o caixa mais rápido, utilizam a tecnologia para ganhar tempo no trânsito, compram comidas prontas etc. Ao criar senso de urgência para a venda, seu e-commerce ficará alinhado ao dinamismo dos consumidores.

Faça ações omnichannel

O omnichannel é, de fato, uma realidade nos dias atuais. Por isso, é importante criar ações com foco na convergência de canais. Ou seja, todos os pontos de contato entre o cliente e o e-commerce — site, redes sociais, blog, e-mail, SAC etc. — precisam ter uma comunicação homogênea alinhada à cultura do negócio.

Siga essas dicas e amplie o alcance e as vendas do seu e-commerce!

Gostou deste artigo? Entendeu como montar uma estratégia de vendas nacional? Então curta a nossa página no Facebook para acompanhar outros posts relacionados ao assunto!