Home / Performance / A diferença entre Inbound e Outbound Marketing
marketing

A diferença entre Inbound e Outbound Marketing

Plano de marketing de uma loja - WikiCommons

O interessante de conhecer os conceitos de inbound e outbound marketing, principalmente para os pequenos e médios e-commerces, com suas equipes tradicionalmente assoberbadas pelo trabalho, é poder escolher quais são as melhores estratégias e começar a produzir bons resultados e, aí sim, experimentar com diversos focos de trabalho.

Apesar destas definições parecerem muito novas, o inbound marketing e outbound marketing estão presentes na vida de todos nós diariamente. Um nos convida, atrai a atenção e o outro nos surpreende quando entramos.

Inbound marketing é o que acontece quando seus clientes ou futuros clientes assinam seus canais de conteúdo ou iniciativas de marketing digital, entrando na sua newsletter, participando de suas redes sociais ou quando telefonam ou permitem que sua empresa lhes telefone ou clicando nos links que encontram nos mecanismos de busca.

É o oposto da interrupção promovida pelo outbound marketing, que usa as táticas mais tradicionais, como spots de rádio ou TV, ligações do telemarketing, anúncios impressos, banners e stands em eventos da sua área.

Inbound Marketing é sobre acolher e engajar pessoas que se importam. Outbound Marketing é sobre vender e promover seu produto ou serviço para um público-alvo. Inbound Marketing exige a criação de conteúdo e comunidade. Outbound Marketing exige comprar tempo e atenção. Os dois pedem investimentos para se desenvolver, mas, em geral, o inbound marketing exige investimentos menores num primeiro momento.

Quando você cria um plano de marketing para o seu e-commerce é importante buscar a melhor estratégia a curto, médio e longo prazo para os seus objetivos. O equilíbrio vem do espaço de tempo que estes esforços de marketing levam para dar resultados: o outbound marketing pode atingir mais gente em menos tempo. Deste ponto, é uma questão de decidir quanto da sua mensagem chegou à audiência que seguirá adiante no funil de vendas.

Não existe certo ou errado, é muito possível usar os dois jeitos de fazer marketing, não está predefinido qual é o melhor custo-benefício para o seu marketing, a menos que você tenha uma equipe que conheça muito bem cada um deles. É por isso que para os pequenos negócios o foco deve ser o que lhe dá maior competitividade. Como saber qual dos dois depende de você conhecer bem a sua base de clientes e quais são os seus clientes ideais – também conhecidos por personas no mercado -, o que você precisa que eles façam, quanto tempo e dinheiro você tem disponíveis para fazê-los chegar aos seus objetivos.

Um exemplo, alguém te diz que você “tem que estar no Facebook”. Mas você faz uma campanha de outbound marketing – uma boa campanha no AdWords, vamos dizer – e consegue cumprir suas metas. É preciso, antes de investir, saber como cada estratégia de inbound (conteúdo, redes sociais, etc) se encaixa em seu plano de marketing antes de tomar qualquer decisão. Esta avaliação: se o conteúdo faz sentido para a sua estratégia, como faz sentido para a estratégia e quais os níveis de investimento – deve ser feita exatamente durante o seu planejamento. E é preciso ter a sabedoria de manter apenas as táticas e canais que trazem bons resultados para a empresa, evitando o comportamento de manada – todo mundo está no Facebook, então eu também estou.

Foto: WikiCommons

885 Lido total 1 Lido hoje