Home / E-Commerce Brief / Conheça 6 diferenciais de um e-commerce com foco no omnichannel
omnichannel

Conheça 6 diferenciais de um e-commerce com foco no omnichannel

Um e-commerce omnichannel é aquele que permite que o cliente transite entre vários canais — como, por exemplo, comprar via redes sociais e ser atendido por e-mail, adquirir online e retirar o produto fisicamente, ter igualdade de preços em diferentes plataformas ou poder devolver um item comprado pela internet em um posto de troca físico.

As possibilidades de integração são variadas e, principalmente, necessárias. Ao oferecer uma experiência contínua, a marca se beneficia e ganha vantagens competitivas em relação àquelas com atuação fragmentada.

Para entender melhor, veja 6 diferenciais de um e-commerce multicanal que disponibiliza várias possibilidades para quem compra.

1. Melhor integração com o mobile

O uso do mobile vem crescendo no Brasil e no mundo, inclusive quando se fala em e-commerce. Em 2017, 24,6% das transações online no país foram realizadas por meio de dispositivos móveis. Em relação a 2016, isso representa um salto de quase 10,3%. Vale apontar, ainda, que 25,5 milhões de pessoas fizeram pelo menos uma compra virtual no primeiro semestre deste ano.

Para os próximos anos, a tendência é que se torne ainda mais forte, especialmente com a chegada de novos smartphones ao mercado.

Sendo assim, o e-commerce precisa estar preparado para dar esse salto — caso contrário, perderá o cliente que deseja comprar de qualquer lugar e a qualquer momento.

O omnichannel, por sua vez, surge como uma forma de resolver essa questão. Como integra todos os canais, ele permite que a ligação com o mobile deixe de ser um problema.

Uma empresa omnichannel apresenta sua oferta de produtos e permite a compra por meio de qualquer dispositivo graças ao uso de elementos responsivos. Com isso, uma atuação do tipo favorece a integração com a abordagem móvel, de modo a gerar mais possibilidades de consumo e praticidade para quem compra.

2. Maior afinidade com o cliente

Quando se fala em experiência multicanal, é o comprador quem é colocado no centro das atenções. A ideia principal deixa de ser ampliar os resultados da marca ou fazer com que um determinado produto, especificamente, seja um sucesso.

Ao implementar essa visão, o cliente se torna a peça mais importante, a ponto de que se crie uma experiência capaz de contemplar todos os lugares onde ele está. Eventualmente, isso leva a uma melhor fixação de marca, já que o e-commerce omnichannel é visto em vários pontos de contato.

Como resultado, o consumidor em potencial se sente próximo do empreendimento, o que favorece a construção de uma relação de confiança. Assim, é possível fortalecer o relacionamento com quem compra, gerando maior afinidade e uma conexão de consumo muito mais intensa.

3. Múltiplas possibilidades a partir da coleta de dados

Se a experiência de compra é oferecida em múltiplos canais, então o consumidor poderá ter vários pontos de contato com a empresa antes de fechar a venda.

É o caso do cliente que interage com o e-commerce em diversas redes sociais, acessa seu site e utiliza outros recursos oferecidos. A grande vantagem é que todos esses contatos deixam “rastros” digitais.

Dessa maneira, é possível ampliar a coleta de informações, que, agora, passa a acontecer em vários níveis e em pontos diversificados.

Como resultado, realiza-se uma análise completa, aprofundada e certeira de seu público-alvo, já que os dados dizem respeito a uma série de ações, momentos e comportamentos de um mesmo indivíduo.

Já que, no mundo digital, informação é poder, o e-commerce omnichannel sai à frente dos demais, tendo um campo de coleta de informações muito mais amplo.

4. Uso de BI de maneira estratégica

Porém, esses dados não serão úteis se não ajudarem o comércio virtual a atingir seus objetivos. É nesse momento que entra o uso de ferramentas de Business Intelligence (BI) de maneira estratégica.

Com esses recursos, é possível analisar um grande volume de dados e, mais do que isso, encontrar relações e padrões. Ou seja, a partir das informações coletadas nos vários canais, uma ferramenta de BI ajuda a traçar perfis de consumo e a identificar tendências de compra.

Graças a essa experiência multicanal integrada, a gestão pode conhecer muito mais do que simplesmente quais são os produtos mais vendidos ou visualizados. É possível compreender a jornada de compra, o tempo médio entre o contato inicial e a conversão, preferências e hábitos diversos dos usuários.

Sendo trabalhadas corretamente, essas informações são orientadas à venda. Com elas, é possível segmentar a atuação e trazer vantagem competitiva para o negócio, facilitando sua conexão com os clientes.

5. Maior volume de vendas

Por falar nisso, a taxa de conversão é positivamente afetada pela experiência omnichannel.

Como vimos, o uso das informações coletadas ajuda a construir perfis de consumo, o que orienta as ações que serão tomadas. Assim, é mais fácil oferecer o que o indivíduo precisa, da maneira que ele deseja e no momento apropriado. Com isso, elevam-se as chances de conseguir o “sim” e concluir a venda.

Além de tudo, um número maior de canais disponíveis para vendas aumenta, naturalmente, as possibilidades de conquistar a conversão. Como uma estratégia integrada amplia o alcance de atuação, há maior geração de oportunidades de negócio.

Para completar, ter essa oferta diversificada retira as principais objeções de vendas. Isso facilita as compras por impulso e também aumenta a predisposição do cliente em consumir e ter uma boa experiência.

6. Maior satisfação de quem compra

Somente ter muitas vendas não é o suficiente para que um e-commerce seja verdadeiramente diferente. É preciso conquistar o cliente e, em especial, fazer com que ele retorne outras vezes. Essa fidelização só poderá ser alcançada se o consumidor ficar muito satisfeito.

O e-commerce omnichannel oferece exatamente isso. Como coloca quem compra no centro das ações, segmenta a atuação e permite que o consumidor tenha total poder de escolha, o resultado é que a pessoa tem uma experiência muito mais positiva.

Além disso, o suporte também tem maior qualidade, permitindo que o cliente entre em contato com a empresa pelo meio de sua preferência e tenha o problema solucionado com máxima eficiência.

Isso não apenas gera compras recorrentes de um mesmo indivíduo, como ainda o estimula a se engajar e compartilhar sua experiência com outros, trazendo novos negócios para o empreendimento.

Ao entender todos esses pontos, nota-se que um e-commerce omnichannel atende o consumidor de maneira mais eficaz e personalizada, além de ser mais estratégico. Assim, há ganhos nas vendas, na fidelização e no uso de recursos, gerando resultados ainda melhores.

Já que essa questão é tão importante, entre em contato com a JET e-business e descubra como podemos ajudar a sua marca!

CONTINUE ACOMPANHANDO NOSSAS NOVIDADES AQUI NO BLOG!

SAIBA MAIS SOBRE AS SOLUÇÕES DA JET E-BUSINESS:
SOLICITE UM CONTATO

2 comentários

  1. Gostaria de saber o custo minimo de implantar um e-commerce entry-level..

    • Marcelo Silva

      Bom dia Feliciano. Para essas informações, você pode entrar em contato com o nosso Departamento Comercial. Segue os contatos telefônicos:
      • São Paulo (11) 3512-9880
      • Ribeirão Preto (16) 3211-7000
      • Rio de Janeiro (21) 3512-9880
      • Belo Horizonte (31) 3519-9880
      • Curitiba (41) 3012-9880
      • Goiânia (62) 3412-9880