Home / Performance / E-commerce movimenta R$ 19 bi no 1º semestre 2016
analytics_-unsplash

E-commerce movimenta R$ 19 bi no 1º semestre 2016

As vendas do comércio eletrônico no Brasil atingiram R$ 19,6 bilhões no primeiro semestre deste ano, o que representa um crescimento nominal de 5,2% na comparação com o mesmo período no ano passado. Os dados são do relatório WebShoppers, do Ebit, que apontou um aumento de 31% em consumidores virtuais ativos, aqueles que realizaram pelo menos uma compra no período, chegando a 23,1 milhões.

Outro dado importante do levantamento é o avanço das vendas via dispositivos móveis, que tiveram 18,8% em participação média no semestre e, em junho, representaram 23%.

Diversos fatores influenciaram este crescimento do volume financeiro movimentado pelos sites de comércio eletrônico. No período, houve alta de 7% no valor do tíquete médio, ficando em R$ 403,46, crescimento puxado pela alta de preços registrada pelo Índice FIPE/Buscapé, além de maior participação das classes AB e vendas de categorias como eletrodomésticos e telefonia/celulares.

No entanto, com o aumento do desemprego e enfraquecimento das compras feitas pela classe C, houve queda de 2% no volume de pedidos na comparação com o ano anterior. No total, foram contabilizados 48,5 milhões de encomendas virtuais. Por outro lado, a renda média familiar dos consumidores online aumentou em 11%, alcançando R$ 5.174.

Apesar de um começo de ano com menor ritmo nas vendas, o Ebit registrou uma melhora na confiança do consumidor, o que garantiu uma retomada das transações nos últimos meses. A expectativa é de que o crescimento do e-commerce seja maior no segundo semestre potencializado, principalmente, pela Black Friday e Natal.

A estimativa de vendas até o final do ano se mantém de acordo com o previsto pelo Ebit no começo de 2016. O faturamento deverá totalizar R$ 44,6 bilhões, um crescimento nominal de 8% ante 2015. O número de pedidos poderá chegar a 106,5 milhões, próximo ao apresentado no ano passado.

Ciclo de compra online

Em pesquisa especial do Ebit, realizada com 7.809 consumidores entre 3 de junho e 11 de julho de 2016, sobre o ciclo de compra na internet, uma pergunta abordava quais produtos foram comprados no e-commerce nos últimos três meses. Celular/smartphone foi o campeão, com 26% da preferência, seguido por Moda Feminina/Acessórios (19%), Moda Masculina/Acessórios (15%), Perfume (12%) e Esporte e Lazer (11%).

Analisando o item líder em vendas, verificou-se que em média as pessoas demoram 16 dias para tomar a decisão de adquirir um celular/smartphone. Dos consumidores que procuram este produto, 37% já buscam informações apenas na Internet antes de fazer a compra e apenas 3% não pesquisaram em nenhum canal.

Cada vez mais vemos uma migração do consumo do varejo físico para o virtual. Isso porque as compras online podem ser planejadas, permitem a comparação de preços com rapidez e eficiência. E isso garante mais economia e satisfação aos consumidores.

Foto: Luis Llerena, Unsplash, CC