Home / Atendimento / MPS-BR – O que é

MPS-BR – O que é

O QUE É?

MPS.BR é um acrônimo da expressão “Melhoria de Processo do Software Brasileiro”.

Para a melhoria de processo, há um Modelo de Referência (MR-MPS) e um Método de Avaliação (MA-MPS) com as seguintes características:

  • – Conformidade com as Normas Internacionais ISO/IEC 12207 – Processos do Ciclo de Vida do Software, e suas emendas, e ISO/IEC 15504 – Avaliação de Processo;
  • – Compatibilidade com o CMMI®;
  • – Baseado nas melhores práticas da Engenharia de Software;
  • – Criado de acordo com a realidade das empresas brasileiras, mas com grande potencial para ser replicado em outros países com indústrias de software com características semelhantes, como os países latino-americanos.

DÚVIDAS SOBRE O PROGRAMA MPS.BR E O MODELO MPS

1. EQUIVALÊNCIA MR-MPS E CMMI

Existe uma equivalência entre o MR-MPS e o CMMI. Esta equivalência é total do ponto de vista do MR-MPS para o CMMI, isto é, todos os requisitos das áreas de processo do CMMI estão presentes no MR-MPS. Entretanto não existe equivalência total do ponto de vista do CMMI para o MR-MPS, pelas seguintes razões:

  • 1) no Nível F do MR-MPS, existe o processo Gerência de Portfólio de Projetos que não existe no CMMI.
  • 2) no Nível E do MR-MPS, o processo Gerência de Recursos Humanos inclui os requisitos da área de processo Treinamento Organizacional, mas tem requisitos relacionados à Aquisição de Pessoal e Gerência de Conhecimento que não estão presentes na área Treinamento Organizacional do CMMI.
  • 3) no Nível E do MR-MPS, existe o processo Gerência de Reutilização que não existe no CMMI.
  • 4) no Nível C do MR-MPS, existe o processo Desenvolvimento para Reutilização que não existe no CMMI.

2. EXISTE ALGUMA FONTE DE INFORMAÇÃO, DE AUTORIA DA SOFTEX OU NÃO, QUE EFETUE A CORRELAÇÃO ENTRE OS NÍVEIS DE MATURIDADE DO MPS.BR COM OS NÍVEIS DE MATURIDADE DE OUTROS MODELOS? (Ex.: CMMI).

Existe um mapeamento entre as normas internacionais ISO/IEC 12207 (Processos do Ciclo de Vida do Software) e ISO/IEC 15504-2 (Avaliação de Processo – parte 2: Executando uma Avaliação), o CMMI (Capability Maturity Model Integration, do SEI – Software Engineering Institute/ CMU – Carnegie Mellon University) e o modelo de referência MR-MPS, visando garantir a aderência do Modelo MPS a estas duas normas internacionais e sua compatibilidade com o CMMI v1.2. Este mapeamento foi feito pela ETM – Equipe Técnica do Modelo MPS, sob coordenação de Ana Regina Cavalcanti da Rocha/COPPE UFRJ, ao elaborar o Guia Geral do MPS.BR. Neste mapeamento: a) cada resultado esperado do MR-MPS está mapeado para um ou mais resultados destas duas normas internacionais; b) o mapeamento dos níveis do CMMI v1.2 para os níveis do modelo MPS pode ser visto na Tabela 2.

Tabela 2 – Mapeamento entre os Níveis de Maturidade do MR-MPS e CMMI

NÍVEIS MR-MPS NÍVEIS CMMI
G
F 2
E
D
C 3
B 4
A 5

Para garantir 100% de compatibilidade com o CMMI, todas as práticas do CMMI estão contempladas no MR-MPS. Entretanto, visando à conformidade com as normas internacionais ISO/IEC 12207 e 15504-2, as exigências do MR-MPS são maiores do que as do CMMI nos seguintes processos: a) Gerência de Recursos Humanos que no MR-MPS (conforme disposto nas normas ISO/IEC 12207 e 15504-2) abrange aquisição de pessoal, treinamento organizacional e gerência do conhecimento e no CMMI trata apenas de treinamento organizacional; b) Gerência de Portfólio de Projetos, Gerência de Reutilização e Desenvolvimento para Reutilização estão incluídos no MR-MPS (atendendo requisitos das normas ISO/IEC 12207 e 15504-2) e não existem no CMMI.

3. QUANTAS EMPRESAS FORAM AVALIADAS, EM CADA ANO, DESDE A CRIAÇÃO DO MPS.BR? SE POSSÍVEL, RESPONDER DE MANEIRA REGIONALIZADA (REGIÃO NORTE, NORDESTE, CENTRO-OESTE, SUL E SUDESTE) E POR NÍVEL DE MATURIDADE.

Resposta atualizada a esta questão e mais informações encontram-se na seção Avaliações emwww.softex.br/mpsbr. Um resumo está na mesma seção, na tabela – Total de organizações com Avaliação MPS (vigentes ou não): quadro-resumo por ano, níveis do MR-MPS e regiões geográficas

4. QUAIS EMPRESAS TÊM SUA AVALIAÇÃO MPS VIGENTE (NÃO VENCIDA)?

Resposta atualizada a esta questão encontra-se na seção Avaliações em www.softex.br/mpsbr.

5. CONSIDERANDO QUE A ENTIDADE A SER AVALIADA NUNCA IMPLANTOU NENHUM MODELO DE MELHORIA DE PROCESSO DE SOFTWARE, QUAL É O TEMPO NECESSÁRIO PARA QUE ESTA IMPLEMENTE OS PROCESSOS DE NÍVEL F? QUAL O CUSTO MÉDIO PARA IMPLEMENTAÇÃO?

Se a organização não tiver implementado e sido avaliada anteriormente no nível G do Modelo MPS, a implementação do nível F normalmente requer até 12 meses de esforço a um custo de referência por empresa de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais); mais R$ 12.000,00 (doze mil reais) que é o custo de referência de uma avaliação MPS, nível F, a ser realizada no prazo de um a seis meses subseqüentes. Estes dados referem-se a uma empresa que integre um grupo de empresas, de modo cooperado, onde alguns custos são compartilhados; no caso de implementações não cooperadas, estes (tempo e custo) podem variar. Por isto, recomenda-se que a organização interessada faça pedido de propostas de implementação às II – Instituições Implementadoras credenciadas e, posteriormente, pedido de propostas de avaliação às IA – Instituições Avaliadoras credenciadas. Veja as Instituições Implementadoras na seção Implementadoras emwww.softex.br/mpsbr e as Instituições Avaliadoras na seção Avaliadoras também emwww.softex.br/mpsbr

6. QUAL O PRAZO MÉDIO PARA REALIZAÇÃO DE UMA AVALIAÇÃO MPS.BR? QUAL O CUSTO MÉDIO DESTA AVALIAÇÃO? EXISTE DIFERENÇA DE PRAZO E CUSTO PARA NÍVEIS DE MATURIDADE DISTINTOS?

O custo de referência de uma avaliação MPS, nível F, foi informado na resposta à questão anterior. Quanto ao prazo para realização de uma avaliação MPS, o prazo normal entre a avaliação inicial MPS e a avaliação final é de um mês; seis meses é o prazo máximo. Sim, há diferença de prazo e custo para a avaliação de níveis de maturidade distintos, como se depreende da Tabela 4 do Guia de Avaliação:2009, transcrita a seguir (os guias do MPS.BR estão disponíveis para “download”, gratuito, na seção Guias em www.softex.br/mpsbr).

Tabela 4 – Tabela de tempo (máximo e mínimo) de uma avaliação MR-MPS e composição (máxima e mínima) da equipe de avaliação

NÍVEIS MR-MPS Duração da Avaliação Inicial (dias) Duração da Avaliação Final (dias) Composição da equipe de avaliação
A 3-4 3-5 Av.líder (1), av. adjunto (1 ou mais), representante unidade organizacional (1 ou mais) – Total mínimo de avaliadores: 8. Total máximo de avaliadores: 9
B 3-4 3-5 Av.líder (1), av. adjunto (1 ou mais), representante unidade organizacional (1 ou mais) – Total mínimo de avaliadores: 8. Total máximo de avaliadores: 9
C 3-4 3-5 Av. líder (1), av. adjunto (1 ou mais), representante unidade organizacional (1 ou mais) – Total mínimo de avaliadores: 6. Total máximo de avaliadores: 8
D 3-4 3-5 Av. líder (1), av. adjunto (1 ou mais), representante unidade organizacional (1 ou mais) – Total mínimo de avaliadores: 6. Total máximo de avaliadores: 7
E 2-4 -2-4 Av. líder (1), av. adjunto (1 ou mais), representante unidade organizacional (1 ou mais) – Total mínimo de avaliadores: 4. Total máximo de avaliadores: 6
F 2-3 2-3 Av. líder (1), av. adjunto (1 ou mais), representante unidade organizacional (1 ou mais) – Total mínimo de avaliadores: 4. Total máximo de avaliadores: 5
G 1-2 1-2 Av. líder (1), av. adjunto (1 ou mais), representante unidade organizacional (1 ou mais) – Total mínimo de avaliadores: 3. Total máximo de avaliadores: 4

Fonte: – http://www.softex.br/mpsbr/_faq/faqDiversos.asp

1728 Lido total 2 Lido hoje