Home / Consumidor / Varejo digital e físico: onde estão as oportunidades de crescimento?

Varejo digital e físico: onde estão as oportunidades de crescimento?

O mundo muda em uma velocidade bem maior atualmente. Com as inovações tecnológicas aparecendo a todo instante e em todos os segmentos, o varejo não poderia ficar fora desse quadro.

As empresas de sucesso buscam as melhores oportunidades de destaque no mercado. Nesse contexto, os diretores e empresários têm encontrado uma dúvida: em que vale mais a pena investir? No varejo digital ou no físico?

No artigo de hoje você verá uma boa abordagem sobre as vantagens desses dois tipos de varejo, de modo que possa identificar qual é a melhor opção de crescimento para a sua empresa. Confira!

Quais as vantagens do varejo digital?

Já considerado o canal de vendas em maior crescimento atualmente, o varejo digital acompanha as mudanças de comportamento do consumidor. Devido ao avanço da tecnologia, as pessoas estão modificando a forma de pesquisar preços e comprar. Isso significa que ter um e-commerce não é apenas uma tendência.

O varejo digital é dinâmico e personalizado, dois pontos atrativos e bem relevantes para que o cliente tenha a melhor experiência de compra possível. Só isso já pode fazer com que ele escolha o e-commerce em detrimento de uma loja física.

Caso ainda precise de outros motivos para entender o crescimento do varejo digital, veja, a seguir, 3 vantagens incríveis dessa modalidade:

1. Possibilidade de integração dos canais de venda

Todos os canais de venda podem ser convergidos com a tendência do varejo chamada omnichannel. Dessa forma, o consumidor praticamente não diferencia o universo virtual do físico em termos de compra, já que tudo estará integrado. É possível explorar diversas formas de associação, focando sempre na melhor experiência do cliente.

Aplicativos móveis podem ter o layout combinado com o site da empresa e com a temática das lojas físicas, por exemplo. Isso faz com que o consumidor se sinta mais confortável para satisfazer os próprios desejos e necessidades em qualquer um dos canais, sem encontrar barreiras.

Outro exemplo é que o cliente pode adquirir o produto no seu e-commerce e buscar o item em uma das suas lojas físicas — ou efetuar nestes estabelecimentos a troca do produto, caso ele não tenha ficado satisfeito.

Essa alternativa possibilita que ele experimente outros modelos de compra e que possa optar pelos canais de vendas mais convenientes para as suas necessidades. Para a loja, significa prestar um atendimento mais eficiente e versátil, garantindo a satisfação do público.

2. Aumento da segurança

Foi-se aquele tempo em que comprar pela internet era uma atitude duvidosa e insegura. O e-commerce de hoje em dia apresenta opções de segurança em elevado grau, tanto para os consumidores quanto para a loja.

Se compararmos o investimento feito na segurança de uma loja física com o exigido em uma loja virtual, teremos um resultado bastante vantajoso para o meio digital. Afinal, para que o e-commerce esteja protegido, basta a instalação e a manutenção de um servidor seguro, além de softwares de defesa afins.

Na loja física, por sua vez, é preciso investir em sistemas de alarme e monitoramento, câmeras e vigilantes. Ou seja, é mais fácil solucionar os problemas de segurança no varejo digital. Com esse mesmo pensamento, identificamos que os custos fixos e variáveis de uma loja virtual são bem menores.

3. Diminuição da inadimplência online

O pagamento no varejo digital é feito antes mesmo que o cliente receba seu produto. Assim, o índice de inadimplência é baixo e a empresa não precisa lidar com as desvantagens do pagamento a prazo.

No varejo online também fica mais simples identificar maus pagadores e limitar os riscos para a empresa — basta contar com a ajuda dos históricos e de uma base de dados consistente.

Para que as facilidades de pagamento para o cliente existam, é necessário oferecer diversos tipos de pagamento — o que é muito conveniente no universo digital. Além de aceitar diversos cartões de crédito, os clientes têm, ainda, facilidades como grandes parcelamentos das compras, fator importante no comércio eletrônico.

Caso o cartão não seja a forma favorita do cliente, o pagamento por meio de boleto bancário ou transferência online também é uma opção possível. Isso, sem mencionar que o pagamento e a compra em uma loja virtual podem ser feitos a qualquer momento, sem limitações de horário.

Quais as vantagens do varejo físico?

O varejo físico pode não ser mais uma tendência em constante expansão, mas ainda faz parte dos hábitos de consumo do país. As compras presenciais têm grande importância e funcionam também como complementares ao varejo digital.

Associado ao e-commerce, os negócios podem ser alavancados em conjunto caso a empresa saiba aplicar as estratégias corretas. Observe 2 vantagens que ainda fortalecem o varejo físico, ainda que estejamos na era digital:

1. O cliente sai com o produto em mãos

Pode parecer um fator sem importância, mas para quem compra esse tipo de satisfação é fundamental. Além do tempo de entrega de um item comprado em uma loja online, existe a taxa correspondente ao valor do frete e os problemas que podem acontecer durante o envio pelos Correios.

Tudo isso poderá pesar na decisão do cliente pela compra presencial. Ainda é preciso levar em conta a diversão proporcionada pelo ato de sair para fazer compras na rua ou em shoppings.

Alguns clientes entendem o momento de entrada na loja e a escolha dos produtos como um lazer e obtêm muita satisfação com o instante pós-compra, quando deixam o estabelecimento com o produto em mãos.

2. O atendimento pessoal

Alguns consumidores prezam por essa relação de interação humana na hora da compra. O atendimento próximo e pessoal faz com que o cliente se sinta mais confortável na loja e mais seguro em relação à empresa. Por meio da conversa, suas demandas são expostas e as dúvidas podem ser esclarecidas.

Mesmo sabendo que visitar uma loja física não é garantia de receber aquele tipo de atendimento personalizado e atencioso — e que muitas vezes esse processo é falho por falta de capacitação dos vendedores — muitos clientes ainda prezam por esse tipo de interação.

Assim, para que um atendimento de alto nível aconteça é indispensável investir em treinamento adequado do seu time. O importante para a empresa é conhecer muito bem seu segmento para que a sua atuação no mercado seja eficiente.

Tenha em mente a necessidade de manter o foco no cliente, independentemente da opção pelo varejo digital ou físico. É isso que vai definir o sucesso (ou o fracasso) do seu negócio.

Se este post foi útil para você, transmita o conhecimento para outras pessoas: compartilhe-o em suas redes sociais!

CONTINUE ACOMPANHANDO NOSSAS NOVIDADES AQUI NO BLOG!

SAIBA MAIS SOBRE AS SOLUÇÕES DA JET E-BUSINESS:
SOLICITE UM CONTATO